• Débora Sasdelli

Tem que comer até raspar o prato?

Atualizado: 17 de Out de 2019



Uma das maiores preocupações dos responsáveis é garantir que seu filho (a) esteja comendo bem. Mas será que insistir para comer tudo ou “raspar o prato”, é a melhor forma? Obrigar a criança a comer tudo pode comprometer a noção de saciedade dela, pois é importante ela perceber sozinha quando está satisfeita.


4 SINAIS PARA FICAR ATENTO COM AS CRIANÇAS:


1- Sem apetite nas refeições principais


Se seu filho estiver comendo uma quantidade maior que o necessário nos lanches durante o dia, poderá chegar na próxima refeição sem fome. Ou seja, talvez a falta de apetite do almoço e do jantar pode ter relação com o tipo e quantidade de alimentos que seu filho tem consumido entre as refeições.


2- Sonolento após os lanches e refeições


Como prestar atenção na aula e em outras atividades se toda a energia do seu corpo está voltada para digestão? Quando ultrapassamos a nossa saciedade, nosso corpo foca toda a energia na digestão. Resultado: menor concentração e menos energia para qualquer outra atividade. E isso vale também para nós adultos, ou você acha que aquele sono após o almoço é sempre uma coincidência?


3- Tamanho das porções oferecidas na cantina


Converse com seu filho sobre as escolhas que ele tem feito na escola: que combinações ele tem feito? Sempre aguenta o lanche inteiro? Como se sente depois? A Nutrebem sempre tenta sugerir para as cantinas que adicionem porções menores em seus cardápios para atender de forma mais personalizada o público infantil (ex: suco de 200ml, meio sanduíche natural, salgados em tamanhos menores, etc). Se você também sente falta dessas opções, fale conosco! Podemos ajudar a cantina da escola a melhorar o seu cardápio.


4- Forçar ou insistir para a que a criança coma tudo nas refeições


As crianças são biologicamente capazes de regularem sua ingestão alimentar, de acordo com suas necessidades de crescimento. Quando um adulto força a criança, que está em processo de aprendizagem, a consumir mais quando ela já está satisfeita, ela fica confusa em relação às suas sensações de fome e saciedade. Que tal deixar a criança participar na hora de montar o prato dela?


Pratique o hara hachi bu


Já ouviu falar neste termo japonês? É um hábito que deveria ser praticado por todos nós. Ele significa “coma até que você esteja 80% completo”. Isso não significa deixar 20% de sua refeição no prato e sempre desperdiçar comida. Mas sim, comer devagar, em pequenas porções, até que não sinta mais fome, mas sem se sentir estufado.


Por que parar antes?


Quando começamos a nos sentir satisfeitos, é porque o estômago já está mesmo “cheio”. Mas, fisiologicamente existe um atraso de 20 minutos antes que o estômago envie a mensagem ao cérebro. Isso significa que se você comer até que esteja 100% cheio estará passando por cima da capacidade do seu estômago em cada refeição.


Respeite a fome das crianças e fique de olho para saber se elas também têm respeitado os sinais de saciedade. Crianças são como nós, adultos, há fases da vida e dias em que estamos naturalmente com mais ou com menos apetite.






*para uma avaliação ou orientação personalizada, consulte um profissional da saúde.

155 visualizações

Sobre a Nutrebem

Nome fantasia: Nutrebem

Razão Social: Easy Food do Brasil S/A

CNPJ: 13.458.756/0001-20

Av. das Américas, 8445/903, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro/RJ

Contatos

         4003-3341

         relacionamento@nutrebem.com.br

Nutrebem © Todos os direitos reservados.