• Lucas

Plantão 21/09 - Volta às aulas: Como reduzir aglomerações no recreio?

Saiba como a Nutrebem ajuda a diminuir o risco de contágio do coronavírus durante a volta às aulas!



Volta às aulas já é uma realidade em diversas cidades brasileiras


Seja por receio de prejudicar o ano letivo ou por não ter com quem deixar os filhos, por exemplo, muitas famílias estão enviando os estudantes de volta à sala de aula.


Com o retorno das atividades, as escolas estão assumindo uma nova responsabilidade, pois é preciso um cuidado ainda maior do que o normal para preservar a saúde e a segurança de todos.


É fundamental que todos ajudem a manter uma rotina mais segura, inclusive as cantinas. Por isso, a Nutrebem preparou uma novidade para as famílias. Você já conferiu? Falamos sobre ela em nossa live #06!


Para uma operação segura e menos custosa, vamos apresentar algumas realidades das escolas brasileiras e o que fazemos para, juntos, encontrarmos soluções para manter a segurança dos alunos, responsáveis e funcionários.


Afinal, tempos de incertezas exigem soluções práticas! Boa leitura!


Duas situações para evitar aglomerações na volta às aulas


Quando você pensa em aglomeração na escola, o que vem à mente? A hora do recreio, certo?


O intervalo é o momento em que os alunos costumam utilizar dinheiro para comprar o lanche, fazer a pequena refeição e interagir com os amigos: situações que podem ser um tanto arriscadas, caso não sejam tomados os devidos cuidados.


Vamos apresentar as duas principais estratégias adotadas na hora do recreio. Confira a seguir:


Estratégia #1: recreio no pátio


Algumas escolas estão dividindo os horários dos intervalos para que menos alunos estejam fora de sala de aula.


No entanto, a estratégia não soluciona alguns problemas que surgem com a reabertura das cantinas, como:


  • Filas na hora de comprar o lanche;

  • Uso de cédulas e moedas;

  • Maior contato entre alunos e funcionários.


Considerando que esse ainda não é o cenário ideal, como a Nutrebem pode ajudar? Nesse caso, a nossa recomendação é substituir a venda física pela venda efetuada no próprio celular.


Nosso aplicativo permite que o aluno veja o cardápio, escolha o lanche e apresente o QR Code gerado pela compra na cantina: um método rápido, fácil e simples!



Estratégia #2: recreio na sala de aula


Outra saída adotada pelas escolas é manter o recreio dentro de sala de aula. Assim, é possível evitar aglomerações causadas pela união de diferentes turmas e manter um controle maior em relação ao risco de contágio.


Neste caso, o desafio são os alunos menores: deve-se pensar nas crianças e em quem não tem celular. Como fica a relação com a cantina nesse caso?


Nós pensamos nisso e desenvolvemos uma funcionalidade que já é utilizada em diversos países: agora os pais realizam o agendamento de lanche!


O responsável do aluno pode fazer o pedido pelo app, que será entregue na sala de aula em quatro passos: produzir, empacotar, identificar e entregar.


Vamos falar melhor sobre essa forma de cantina escolar delivery, que foi apresentada na Live #06 a seguir. Continue lendo o artigo!




Agendamento: uma nova forma de vender lanche on-line


Validada mundialmente por países da Europa, Austrália e EUA, a solução já está em prática em escolas da região Nordeste e é um sucesso!


Afinal, é importante considerar que, na situação atual, os operadores de alimentação precisam lidar com um número reduzido de alunos, mas os custos e funcionários permanecem muito semelhantes aos de antes da pandemia.


Gratuita, a novidade permite que o responsável possa agendar os lanches dos filhos até a noite do dia anterior.


Assim, o operador de cantina tem a segurança de que não chegarão novos pedidos enquanto estiver preparando aqueles que já foram solicitados.


O agendamento permite que os pais tenham uma presença mais forte na hora da compra, garantindo que serão feitas escolhas de alimentos mais saudáveis e de forma mais organizada.


Além disso, algumas das vantagens que destacamos para o agendamento de lanches são:


  • Maior previsibilidade de vendas para a cantina;

  • Sem custo adicional para as cantinas ou responsáveis;

  • Processo de compra facilitado pela tecnologia do app;

  • Família integrada à rotina do aluno.


A Live #06 também sanou algumas dúvidas dos operadores de alimentação


O funcionamento da cantina escolar em segurança, no cenário atual, é uma novidade para todos!


Devemos levar em consideração que estamos em um cenário atípico, por isso, é importante oferecer as orientações necessárias para este novo momento para as escolas e cantinas.


Pensando nisso, abrimos um espaço em nossa última Live para responder às principais dúvidas da nossa audiência, como:


  • E se o aluno não foi no dia com o lanche já agendado? Por exemplo, se ele acordou doente e não vai à aula;

  • Tem como programar um tempo limite para os pedidos serem feitos antes do recreio?;

  • O cardápio “Ifood”, disponibilizado no app da Nutrebem, vai estar em uma tela separada no aplicativo?;

  • ​Há uma questão importante para lembrarmos: os pais dos mais velhos deixam a autonomia de compra aos filhos. Como reeducar a esse novo processo, como instruir?


Se você deseja conferir as respostas, assista ao vídeo completo da live a seguir: https://youtu.be/N2ZcxPmn4gc


Repassando o que vimos neste post


  • Em nossa Live #06, falamos sobre como a Nutrebem pode ajudar a reduzir aglomerações na hora do recreio;

  • De forma geral, as escolas estão adotando duas estratégias:

  • Dividir os horários do intervalo: nesse caso, o aluno pode utilizar o app da Nutrebem para efetuar toda a compra do lanche por lá;

  • Recreio na sala de aula: os pais podem fazer o agendamento do lanche pelo app, que será entregue pelo operador de alimentação na própria sala;

  • Utilizado em países da Europa, EUA e Austrália, o agendamento já é um sucesso, ajuda na organização da rotina e não gera custos extras aos operadores;

  • Já os pais irão possuir uma presença mais forte na hora da compra, garantindo que serão feitas escolhas de alimentos mais saudáveis.


Seja qual for o cenário, conte com a Nutrebem


Estamos nos dedicando muito para oferecer um serviço cada vez mais aprimorado para todos: cantinas, escolas, famílias e alunos!


Com a Nutrebem, você pode reabrir a sua cantina escolar com segurança: é possível manter vendas 100% digitais, evitar aglomerações na hora do recreio e eliminar a circulação de dinheiro em espécie.

Junte-se a mais de 250 escolas digitalizadas em todo o Brasil e transforme a sua cantina com a gente!


180 visualizações

Sobre a Nutrebem

Nome fantasia: Nutrebem

Razão Social: Easy Food do Brasil S/A

CNPJ: 13.458.756/0001-20

Av. das Américas, 8445/903, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro/RJ

Contatos

         4003-3341

         relacionamento@nutrebem.com.br

Nutrebem © Todos os direitos reservados.