• Débora Sasdelli

A união faz a força: o papel dos pais, escolas e cantinas.

Atualizado: 17 de Out de 2019

Juntos vamos deixar o ano mais nutritivo!

Mudanças na alimentação sempre exigem mudanças em nossos hábitos, e por isso, não será algo que acontecerá da noite para o dia. Criar um novo hábito exige esforço e paciência. Seja a escola, a cantina ou os pais: quando pensamos na alimentação dos alunos, não podemos esperar resultados rápidos. Por isso que a ação em conjunto é fundamental para garantir resultados duradouros e positivos nas escolhas alimentares das crianças.


Escola: o espaço ideal

A escola é a instituição responsável pela formação de pessoas que estão em processo de desenvolvimento, não só intelectual e social, mas também alimentar e financeiro. É importante oferecer momentos, oportunidades e experiências relacionadas a alimentos e escolhas saudáveis, fortalecendo assim desde cedo esses valores.


O que a escola pode fazer? Incluir aulas teóricas e oficinas culinárias na grade curricular, jogos e gincanas, concursos de receitas, passeios externos em fazendas e hortas comunitárias, reuniões com a cantina para alinhar ações em conjunto, incentivar e ajudar a cantina a fazer mudanças positivas.


Cantinas: impacto direto na saúde dos alunos

A cantina tem um papel ativo muito importante, pois em algumas escolas é o único lugar disponível para os alunos realizarem seus lanches e refeições durante as aulas. Os produtos que ela comercializa terão um impacto direto na saúde dos alunos e por isso é tão importante ter uma atenção especial ao montar o cardápio. A cantina que se preocupar com a saúde dos escolares desenvolverá a confiança dos pais, alunos e escola.


O que a cantina pode fazer? Entrar em contato com a escola e mostrar a sua intenção de ser um estabelecimento mais saudável, colocar figuras e cartazes valorizando os produtos mais nutritivos e também deixá-los mais visíveis no balcão, conversar com os alunos no recreio e fazer degustação de produtos saudáveis.


Família: o exemplo vem de casa

A família é o primeiro ambiente social da criança, portanto, é a principal formadora de hábitos, inclusive os alimentares. Se os pais querem mudanças na alimentação do filho não podem se esquecer de olhar para os próprios hábitos: a família é o maior exemplo.


O que a família pode fazer: estimular o contato das crianças com os alimentos saudáveis, preparar receitas em casa, fazer as refeições em família, avaliar diariamente o consumo do seu filho na escola e conversar com ele sobre suas escolhas alimentares, incentivar a escola e a cantina a fazerem mudanças relacionadas a alimentação.


Essas são apenas algumas sugestões para conseguirmos um 2017 mais nutritivo e saudável para os alunos das escolas brasileiras. Acreditamos que unindo nossas forças e cada um fazendo o que pode, podemos fazer mudanças muito mais significativas.

27 visualizações

Sobre a Nutrebem

Nome fantasia: Nutrebem

Razão Social: Easy Food do Brasil S/A

CNPJ: 13.458.756/0001-20

Av. das Américas, 8445/903, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro/RJ

Contatos

         4003-3341

         relacionamento@nutrebem.com.br

Nutrebem © Todos os direitos reservados.